Chocolate faz mal para bebês?

Que é uma delícia todo mundo concorda, agora será que dar chocolate para o bebê faz mal? Saiba como manter a alimentação do seu filho saudável e quando introduzir essa guloseima em sua dieta.

chocolate para o bebe

Se poucos adultos resistem a um chocolate, imagine as crianças. A guloseima quase todo mundo concorda que é digna dos deuses, no entanto existe a dúvida de pode ou não ser consumidos por bebês.

Realmente, ver aquela carinha do bebê pedindo para experimentar aquilo que você está comendo e não dar é muito difícil.

É justamente por isso que muitas mamães acabam cedendo e dando alimentos nada saudáveis cedo demais para seus pequenos.

Pensando nisso, elaborei esse post para tirar algumas dúvidas sobre dar ou não chocolate para o bebê, a partir de quando poderá dar e o que você pode fazer para substituir esse doce na dieta de seu filho.

Afinal, dar chocolate para o bebê faz mal?

Chocolate é extremamente calórico e pode causar obesidade infantil quando consumido de maneira exagerada. E na fase em que você começa a introduzir alimentos sólidos na dieta de seu bebê, se essa delícia for incluída, pode atrapalhar o apetite.

Mesmo com o sistema digestivo mais maduro depois dos 6 meses, o bebê ainda é muito sensível e por ser muito gorduroso, o chocolate, pode causar diarreia, gases e desconforto abdominal, principalmente se consumido em excesso.

Existe a possibilidade de provocar reações alérgicas também, pois a criança pode ser alérgica a um dos seus ingredientes colocados em sua composição.
Apesar de ser produzido a partir do cacau, os chocolates comercializados possuem grande adição de açúcar – que também pode prejudicar a dentição do bebê – além da cafeína e teobromina que são estimulantes e podem causar dependência.

Então, nunca vou poder dar chocolate para meu filho?

Calma, não precisa ser tão radical assim. Mas enquanto seu bebê não souber o gosto que o chocolate tem, ele não irá ficar com vontade, apesar da carinha que eles fazem.

Por isso, muitos nutricionistas recomendam que uma criança experimente, em poucas quantidades, apenas depois que completar 1 ano. Alguns aconselham esperar até o 2º ano de vida da criança.

Chocolate também tem seu lado bom. Um dos benefícios, nós mulheres conhecemos bem, principalmente naqueles de irritação e desconforto causados pelas oscilações hormonais. Essa maravilha provoca uma sensação de bem-estar, pois ajudam na liberação de endorfinas e serotonina.

Eles ajudam a diminuir o risco de doenças cardíacas, contêm antioxidantes, magnésio, cobre, zinco, potássio e manganês.
Mas é importante não exagerar na quantidade, com isso é recomendado 1 colher de sopa de chocolate ou dois quadradinhos pequenos por dia para seu filho. Mesmo os chocolates amargos, considerados mais saudáveis devem ser oferecidos com moderação, pois são mais calóricos.

Sempre fique de olho quando seu filho comer alimentos diferentes, pois podem causar reações alérgicas, mesmo quando ele já é maiorzinho.

chocolate para o bebe

Mas até lá, o que posso fazer para substituí-lo?

O ideal é sempre oferecer uma enorme variedade de frutas amassadas e depois que eles consigam mastigar direito, frutas em pedacinhos.

Para facilitar o consumo de frutas use o alimentador munchkin, que diminui o risco de seu filho engolir pedaços grandes, se engasgar ou até se asfixiar enquanto come. A alça do alimentador ajuda que o bebê segure com suas mãozinhas.

chocolate para o bebê1chocolate para o bebe2

Outra forma bem prática é o pote para armazenar papinhas, que você pode congelar e descongelar com facilidade e ainda misturar mais de uma papinha de fruta e diversificar o sabor.

chocolate para o bebê

Tenha em mente que apenas depois que seu filho provar doces e chocolate é que ele sentirá vontade e nunca mais deixará de pedir guloseimas.
Enquanto ela ainda não teve seu paladar viciado em chocolate e doces, você pode oferecer outros alimentos saudáveis e isso o tornará menos enjoado para comer – claro que existem fatores da própria criança que influenciam o que ela vai gostar ou não.

Quanto mais alimentos diferentes você oferecer para o bebê, maior variedade ele comerá quando crescer.

Curta e conte a reação do seu filho ao comer chocolate pela primeira vez. Compartilhe com outras mamães e não esqueça de se cadastrar em nossa lista de e-mail para receber atualizações do blog.

Até a próxima 🙂

Carina Emerick                                                                                                                                                                            Empório do Bebê e Cia

Comentarios