Como acalmar o bebê quando ele está com cólica

Muitos bebês sofrem de cólica nos primeiros meses de vida. Veja como acalmar o bebê nesses momentos de desconforto.

acalmar o bebê

 

Seu bebê chora bastante sem motivo aparente? Acontece normalmente, no final da tarde e durante a noite? Você já deu de mamar, trocou a fralda, mas ainda assim, ele chora como se algo estivesse errado?

Caso seu filho tenha até cinco meses de idade, ele pode estar sofrendo com as cólicas abdominais.

Alguns fatores são apontados como possíveis causas:  o sistema digestivo do bebê ainda não ter amadurecido, o sistema nervoso do bebê ainda ser sensível demais e, a mais comum, dificuldade em expelir gases.

Há quem possa dizer, que já não aguenta mais ver seu pimpolho chorando sem saber o que fazer! Por isso, reunimos algumas maneiras – indicadas pelos pediatras e aquelas receitinhas da vovó –  para aliviar as terríveis cólicas.

Respire fundo, mantenha a calma e anote as dicas para acalmar o bebê nesses momentos.

Massagem na barriguinha

A maneira mais usada, pelas mamães, de todos os tempos é a massagem no abdome do bebê.

Para fazer é simples. Quando perceber o desconforto, com a mão em concha, acaricie a barriga do bebê fazendo movimentos circulares (sempre no sentido horário).

Comece na base das costelas e desça em direção ao púbis. Não pese a mão, mas também não a deixe leve demais, é preciso que você pressione suavemente. Em alguns minutos, você perceberá que seu bebê irá relaxando e ficará mais calmo.

Nos casos onde o bebê tem muitas crises ou crises longas, você – ou quem mais cuidar dele – poderá ficar bastante tempo fazendo esse movimento.

 

Exercícios com as perninhas

O acúmulo de gases pode causar muita dor e uma maneira eficaz de evitar o problema, é fazendo exercícios com o filhote.

Os pediatras recomendam que o bebê seja deitado de barriga para cima. Segure os tornozelos do seu filho e movimente as perninhas (como se estivesse pedalando). As coxas precisam pressionar o abdome lenta e levemente.

Você pode fazer esse movimento várias vezes por dia, não espere a hora da dor.

acalmar o bebê

Água morna

O calor relaxa a musculatura e facilita a circulação do sangue, o que pode diminuir o desconforto do bebê.

Tenha uma bolsa térmica com água morna para colocar na barriguinha do bebê.

Um banho quente, bem relaxante, também pode ajudar a aliviar as dores. Use uma banheira espaçosa e que não ocupe muito espaço, na hora em que não estiver sendo usada.

acalmar o bebê

A água morna, proporciona a mesma sensação, que seu filho tinha quando ainda estava no útero, ajudando a deixa-lo relaxado.

Tenha sempre cuidado com a temperatura da água (tanto da bolsa térmica quanto da banheira) para não queimar seu filho.

Ambiente relaxante

Um ambiente barulhento, deixa qualquer pessoa irritada, imagina seu bebê que já não está muito bem.

Deixe o lugar tranquilo, com os sons normais do dia-a-dia (não precisa abaixar o volume do mundo). Colocar uma música baixa ajuda no relaxamento. Converse e cante para acalmar o bebê.

Contato com a pele

O contato com a pele é muito aconchegante, transmitindo calma e segurança.

Deite seu bebê de bruços, só de fralda, no seu peito ou no seu antebraço. É importante que o ambiente não esteja frio. Dessa forma, ele irá soltar os gases que causam incomodo.

Um canguru ou sling pode ser útil quando você não puder ficar deitada com bebê.

acalmar o bebê acalmar o bebê

Use um cueiro

O cueiro deixa o bebê com uma sensação de aconchego, diminuindo sua agitação. Enrole seu filho no cueiro inteligente, formando como se fosse um pacotinho. E ele se manterá mais calmo.

acalmar o bebê

Evite os gases

O organismo ainda imaturo do bebê, digere com maior facilidade o leite materno, o que pode diminuir os gases.

Observe se ao mamar se bebê não engole muito ar. Quem não amamenta no peito, compre uma mamadeira projetada para evitar cólicas. Pois essas bolhas de ar, vão até o intestino e causam gases.

Prisão de ventre também aumente os gases, por isso observe se o cocô está em dia.

Nos momentos em que a crianças não quer mamãe, a chupeta pode ser uma amiga fiel para acalmar o bebê.

Alimentação da mãe

Durante o período em que você está amamentando seu bebê no peito, é crucial que você cuide de sua alimentação.

Como nutricionista, eu recomendo que você diminua ou corte o consumo de alguns alimentos. Os produtos industrializados são cheios de corantes, estabilizantes e conservantes que podem dificultar a digestão do bebê.

Medicação

Você já fez tudo que eu citei acima e nada? Então é hora de fazer uma visitinha no pediatra.

Existem alguns medicamentos infantis antiflatulência que ajudam, porém apenas se forem receitados por um médico. Eles não são usados para prevenir, apenas para remediar o problema momentaneamente.

Para não dar dose errada, use um kit dosador de medicamento.

acalmar o bebê

Mas nem pense em passar na farmácia e compra-los por conta própria, viu! Pode ser perigoso.

 

 

A boa notícia, é que salvo algumas exceções, as cólicas começam a melhorar entre o terceiro e o quarto mês. Caso o tempo passe e elas não cessem, procure um pediatra o mais rápido possível, para averiguar qual o problema.

Alguma dessas dicas já deu certo com seu bebê? Conte-nos, queremos saber sua experiência para acalmar o bebê. Não esqueça de curtir e compartilhar esse texto com outras mamães.

Cadastre-se em nossa lista de e-mail para receber as atualizações do blog.

Abraços

Barbara B. Batista                                                                                                                                                 Empório do Bebê e Cia

banner-ebook-1

Comentarios