Aumentando a imunidade do bebê

Prevenir doenças é a preocupação de muitos papais e mamães. Pensando nisso, veja algumas dicas para aumentar a imunidade do bebê.

 

Ao nascer os bebês são sensíveis as doenças causadas por vírus e bactérias, pois seu sistema imunológico está em desenvolvimento. E somente no segundo ano de vida é que ele será mais resistente a esses agentes invisíveis que muitas vezes apavoram os papais e mamães.

Mas, com atitudes simples podemos aumentar a imunidade do bebê. Veja algumas delas!

Leite materno nele

A principal forma de fortalecer seu recém nascido é oferecendo leite materno. Ele possui todos os nutrientes necessários para que seu bebê tenha um desenvolvimento saudável.

Por isso, cuide muito da sua alimentação e faça a ingestão de muita água para que seu leite seja uma fonte rica de vitaminas.

Para as mamães que por algum motivo, optaram em oferecer as formulas lácteas, veja com seu pediatra a melhor opção. Fique tranquila, se ele achar que seu bebê está com déficit de alguma vitamina irá receitar algo para repor.

Visitas no hospital e em casa

Pessoas doentes, até mesmo um simples resfriado, não devem visitar o bebê. Sempre que alguém for pega-lo no colo peça para lavar as mãos ou passar álcool em gel para evitar contagio.

Lembre-se esses cuidados devem ser apenas no começo, depois de um tempo não faça disso um hábito e não fique paranoica.

Caso seu bebê, mesmo com todos os cuidados fique resfriado, clique aqui para saber como cuidar dele doentinho.

Passeios públicos

Até o sexto mês evite passear com seu bebê em locais aglomerados e fechados. Nestes ambientes seu filho ficará mais suscetivel a doenças.

Evite shoppings, supermercados e salões de festas. Prefira passeios ao ar livre e áreas verdes.

Pré Natal e Pós Parto

Assim que começar a fazer acompanhamento pré natal e depois do parto, é muito importante que você tome as vacinas e os medicamentos que o médico prescrever.

Com seu sistema imunológico protegido, os seus anticorpos irão fortalecer a saúde do seu pequeno quando ele estiver no ventre e depois no período de amamentação.

Vacine seu filho

Após o nascimento, há uma série de vacinas que devem ser administradas. Muitas mães ficam com dó e acabam não dando as doses recomendadas.

Apesar do berreiro que eles aprontam com a picadinha da agulha, segure e conforte seu bebê em todas as etapas de vacinação. Tenha em mente que esse desconforto momentâneo, irá ser muito importante para a saúde dele.

Se o pediatra prescrever alguma medicação ou suplemento alimentar é essencial que você siga as recomendações. Para dar remédio na dose certa, tenha em casa um kit dosador de medicamentos.

Alimentação saudável é a palavra chave

Para que seu bebê seja saudável e tenha o desenvolvimento imunológico correto, após a fase de aleitamento exclusivo, oferecer alimentos saudáveis é essêncial.

Ofereça frutas e legumes in natura, amassados ou em forma de papinhas, até que eles possam comer as comidas sólidas. Não esqueça das verduras também é claro.

Veja quando introduzir alimentos sólidos.

A chupeta alimentadora ajudará a oferecer os alimentos in natura sem você se preocupar se o bebê vai engasgar com os pedacinhos.

Um pouquinho de sujeira não faz mal a ninguém

Ter o bebê sempre limpo e cheiroso é o desejo de todo mãe. E realmente não tem coisa mais gostosa que cheirinho de bebê.

No entanto, deixa-lo brincar no chão, colocar brinquedos na boca, ter contato com a terra, grama ou areia irá ajudar seu filho a criar anticorpos.

Manter a higiene é fundamental, mas não exagere, pois isso pode deixar o bebê ainda mais sensível aos vírus e bactérias.

 

Tem alguma dica para aumentar a imunidade do bebê? Deixe seu comentário. Curta e compartilhe o texto. Inscreva-se, também, em nossa lista de e-mail para saber as promoções da loja.

Comentarios