Cuidados com a Mamãe: Você sabe o que é Ingurgitamento Mamário?

O ingurgitamento mamário, mais conhecido como “leite empedrado”, incomoda algumas mulheres na fase de amamentação. Veja as causas, sintomas e o que fazer para evitar.

Apesar do nome não ser nada bonito, o ingurgitamento mamário não é nada grave, para o bem de muitas mulheres que passam por isso. Só que ele causa muito incomodo e se não tratado pode deixar sequelas nas mamas.

Talvez por esse nome você não conheça, mas certamente já ouviu falar sobre leite empedrado. Ele é mais comum no inicio da amamentação, porém pode ocorrer em qualquer fase.

Com nove meses o bebê da minha amiga parou de mamar sozinho e repentinamente. Ela tinha muito, mas muitooo leite mesmo e isso causou dores, febre, inchaço, o seio dela dobrou de tamanho e ficou literalmente quadrado. Mas depois de orientação médica o desconforto passou e o leite secou gradualmente.

Para que você entenda mais sobre o assunto, conheça as causas, os sintomas e se é possível evitar o ingurgitamento mamário.

Sabia também sobre Mastite.

Causas do ingurgitamento mamário

As causas deste desconforto são:

  • Ficar muito tempo sem dar de mamar.
  • Seu bebê não estar pegando o peito corretamente e assim não esvaziar as mamas.
  • Tomar líquidos em excesso, aumentando a produção de leite.
  • Suplementos alimentares, principalmente a base de Silimarina.

Sintomas do leite empedrado

Os sintomas mais comuns ligados ao empedramento do leite são:

  • Dores e desconforto nas mamas;
  • Seios muito cheios de leite ao ponto de deixa-los duros e volumosos;
  • Pele avermelhada ou brilhante na região;
  •  Leite vazando demais;
  • E também, pode causar febre na mamãe.

Apesar de poder causar fissuras nos mamilos por conta da dificuldade do bebê fazer a pega correta, ingurgitamento e mamilos rachados não estão associados.

Veja como cuidar dos mamilos rachados.

Como Prevenir e o que fazer

Para prevenir basta que você amamente seu bebê sempre que ele quiser e não deixe de dar o peito por um intervalo maior que três horas.

Certifique-se de que seus seios são esvaziados completamente depois de cada mamada. Caso seja necessário, faça uma ordenha com as mãos ou usando bombinhas extratoras (tanto elétricas quanto as manuais).

Não faça uso de nenhum produto, medicamento ou ervas que estimulem a produção de leite.

Caso você já esteja sentindo o incomodo, fazer compressas frias depois de amamentar ajudam a diminuir a inflamação nas mamas.

As compressas quentes ou deixar a água morna do chuveiro cair nos seios devem ser feitas apenas para tirar o excesso de leite antes da ordenha.

Um produto que você pode usar tanto frio ou quente para fazer as compressas com mais higiene é a Bolsa de Gel Para Seios Thermopad Avent

Coloque o bebê para mamar sempre que puder. Se ele não pegar corretamente a aureola, não desista de ensina-lo.

Ao sentir muita dor e inchaço nas mamas, consulte seu médico para que um medicamento seja receitado. Os mais comuns neste caso são o paracetamol e o ibuprofeno. Jamais tome qualquer remédio sem orientação e conhecimento de um profissional de saúde.

Você já teve leite empedrado? Conte-nos deixando seu comentário. Compartilhe e curta o texto para que outras mamães saibam mais sobre o assunto.

Inscreva-se em nossa lista de e-mail para receber conteúdos exclusivos e promoções da nossa loja virtual em primeira mão.

 

 

 

 

 

Comentarios