Limpando a orelha do bebê

A limpeza da orelha do bebê pode causar muita preocupação nas mamães. Então, confira como fazer a higiene correta da região.

Toda mamãe se preocupa com a higiene de seu bebê e gosta de manter tudo limpinho e cheiroso. Mas esse preocupação pode levar algumas mamães a adotar formas erradas de cuidar da orelha do bebê.

Por isso, confira como fazer a limpeza de forma segura e correta.

Leia também como fazer a higiene do recém-nascido.

O que não devo fazer?

É muito comum utilizarmos as hastes flexíveis (mais conhecidas como cotonetes). Porém o uso desse produto, no ouvido (parte interna) pode acarretar alguns probleminhas. Como as crianças se mexem muito ao introduzir a haste na parte interna, pode causar perfuração do tímpano e também empurrar a cera eliminada para dentro novamente.

Então, o que faço?

As hastes flexíveis devem ser usadas apenas na orelha (parte externa) para retirar sujeira e a cera que já foi expelida.

Você pode usar também gaze, uma fraldinha de pano umida ou lenço umedecido sempre para limpar a parte externa.

Até mesmo a toalha do bebê umedecida em um pouco de água morna,  garantirá a higiene da região sem riscos a saúde. É importante depois de passar algo úmido na orelha, em seguida secar bem a região para evitar infecções e ainda acumulo de mais sujeira.

Mas, não devo tirar toda a cera?

Não! Tire apenas o que é expelido e sai para a parte externa, pois a cera é produzida pelo organismo naturalmente, como forma de proteção a entrada de sujeiras e micro-organismos que podem causar infecções.

Quando o excesso de cera pode indicar algum problema?

A cera de ouvido é amarela e fina. E o acúmulo de cera por si só, mesmo que em excesso, pode não indicar um problema.

Mas quando há algum dano ou inflamação a cor e a espessura da cera podem sofrer variações. Porém, dificilmente o problema irá se apresentar apenas com a mudança da cera produzida.

Ao desenvolver alguma infecção, é bem provável que seu bebê irá apresentar também coceira, irá colocar o dedo dentro do ouvido, esfregar o local indicando desconforto, terá dores, poderá ter diminuição momentânea da audição e até mesmo apresentar febre. Ao perceber qualquer um destes sintomas é muito importante que você procure seu pediatra o mais rápido possível.

Caso a produção grande de cera te incomode, veja com seu pediatra para que uma limpeza profissional seja feita.

Como evitar inflamações no ouvido?

Basta manter a região externa da orelha limpa, da forma que foi dita um pouco acima, secar sempre muito bem e não utilizar objetos pontiagudos, como cotonete, palitos e grampos de cabelo, que facilitam infecções no local e podem causar danos ainda maiores como feridas e perfurações.

 

Você tem alguma dica para a limpeza da orelha do bebê? Deixe seu comentário aqui no blog ou nas nossas redes sociais. Curta e compartilhe o conteúdo com outras mamães.

Inscreva-se em nossa lista de e-mail para ficar por dentro de promoções da nossa loja e receber conteúdo exclusivo.

 

 

 

 

 

Comentarios